Tierra de Brujas, de Maria Ferreira. Editado en la colección editorial Viajes al Pasado
El mundo de equipaje. El primer libro de Ediciones ViajesalpasadoEl Maconde Africano de Javier Brandoli. Un libro de Ediciones Viajesalpasado

Posts com a tag 'himalaya’

Lago Yamdrok: Mosteiro budista, que salvou a mulher de suíno

Para: Ricardo Coarasa (texto e fotos)
Em rota ao Everest, o fascinante lago turquesa parecia três séculos atrás, pela gama mais alta montanha da Terra, a reencarnação feminina mais famosa do Tibete. É uma paisagem que é impregnado misticismo esmagadora que rodeia os cantos que as montanhas têm tomado para silenciar.
  • Facebook
  • LinkedIn
  • Twitter
  • Meneame
  • Share
 

Kathmandu: o massacre da família real

Para: Ricardo Coarasa (texto e fotos)
Kathmandú: la masacre de la familia real
Quando eu visito Kathmandu, capital do Nepal, Rei Gyanendra ainda está se recuperando ea cidade é cercada por rebeldes maoístas. O canhão que está assentado no trono foi uma chacina que ia ao redor do mundo 2001. O príncipe herdeiro matou seus pais, reis, eo creme da família real. Após o regicídio, A coroa só poderia sentar na cabeça de Gyanendra.
  • Facebook
  • LinkedIn
  • Twitter
  • Meneame
  • Share
 

Zhangmu: a desconstrução do Aventureiro

Para: Ricardo Coarasa (texto e fotos)
Zhangmu: la deconstrucción del aventurero
Zhangmu, na fronteira com o Nepal, é um grupo heterogéneo de casas pendurado em um penhasco na densa vegetação, onde as monções causam estragos. Deslizamentos de terra são comuns nessa época do ano e, inevitavelmente, de vez em quando um pedaço de pessoas correndo em declive, em direção ao córrego, engolidos pela montanha.. Por Ricardo COARASA.
  • Facebook
  • LinkedIn
  • Twitter
  • Meneame
  • Share
 
 

Tingri: paraíso da desolação
Para: Ricardo Coarasa (texto e fotos)

Tingri: el paraíso de la desolación
O destino deve ter contas pendentes com Tingri, a última parada no Tibete profunda antes de chegar à fronteira com o Nepal. Caso contrário, é entendido que o spray tem dor tão austero. Onde quer que você olhe, o mesmo desconforto, desânimo idênticas. O futuro só chega até o olho: uma faixa de poeira que se parece com uma sentença. Para onde fugir? Eu não tirar fotos. Não demorou.
  • Facebook
  • LinkedIn
  • Twitter
  • Meneame
  • Share
 

Rongbuk: quando a noite cai
Para: Ricardo Coarasa (texto e fotos)

Rongbuk: cuando cae la noche
E Rongbuk, olhos brilhantes de cães selvagens espreitam os empreendimentos turísticos que no escuro; ser uma lente é um espetáculo de magia negra; qualquer comistrajo, uma delicadeza e de sono, os esforços possíveis. Centenas de garrafas de cerveja vazias, um 5.000 metros, felizmente, Também dá de beber a quem tem sede- se agregam formando uma parede com as melhores vistas do mundo: um nascer do sol sobre o Everest.
  • Facebook
  • LinkedIn
  • Twitter
  • Meneame
  • Share
 

Ao pé do Everest
Para: Ricardo Coarasa (texto e fotos)

A los pies del Everest
Estamos finalmente em Rongbuk, maior mosteiro do mundo, ao pé da face norte do Everest temível. O céu está claro. A monção teve uma mão. A vista é soberba, deslumbrante. Você não se cansa de olhar Qomolangma, a deusa-mãe das montanhas. É, claramente, um dos dias mais felizes da minha vida. Agora é só pensar em caminhar até o acampamento base.
  • Facebook
  • LinkedIn
  • Twitter
  • Meneame
  • Share
 

Últimos Tweets