Salar de Uyuni: um mundo de sal

informações título

conteúdo informações

Terra é Limbo, versão mais real do universo Matrix, um 3.650 metros. O Salar de Uyuni é branco como uma pintura sem iniciar, como um véu de noiva gigante, quanto a imaginação de um cego. Horizonte é infinito como, livre como o sonho de um condenado, plano como a consciência de uma criança. O Salar de Uyuni não é absoluto, um território 12.000 quilômetros quadrados ao sul da Bolívia, em todos os lugares sal, um deserto que não deveria existir porque representa um verdadeiro absurdo. E ainda, é lindo.

Não é fácil de conduzir em terra sem referências. Não há nenhum curso onde não há nada para ir e, portanto, não há pressa tempo… nenhum senso de velocidade. Eu não pude resistir a brincadeira e velocidade 4X4 140 km / h para quase um minuto com os olhos fechados, coisas para estar no limbo.

Contudo, além dessas extravagâncias um pouco de sonho, o sal é reservas mundiais de lítio primeiro, E quem teria pensado? As baterias de lítio usadas para fazer, fazer bombas de calor, obter blotters, ligas de alumínio, cerâmica, telescópios, Veículo espacial, submarinos… e também tem aplicações nucleares. Ie, Salar de Uyuni não só atrai o interesse de turistas. Várias empresas internacionais já estão afiando suas contratos registrando, porque a ganância não conhece paisagens.

Eu não pude resistir a brincadeira e velocidade 4X4 140 km / h para quase um minuto com os olhos fechados, coisas para estar no limbo.

Temos apenas viu trabalhadores coletando sal em espadas, saúde vestindo um ardor nos olhos, de forma literal, amontoando pilhas de cloreto de sódio corrosivo para a pele, com a renúncia de um povo que sempre viveram às margens de um mar sem água.

No centro desse mar existem várias ilhas que tiveram a idéia de estar lá, como uma piada. A ilha principal é conhecido como Incahuasi, porque era parte da rota dos Incas - o que teria perdido há Incas?-.

A ilha de nascentes de sal e se esforça para gerar vida, como um desafio à razão. Um exército de cactos gigantes aconchega-se em torno de Incahuasi, talvez para combater a solidão que rodeia. Eles porte dessas plantas, levantadas sobre o único pedaço de rocha exposta, con tanta dignidad que aquello parecía normal. Uma mulher aymara olhou brancura como você olha para uma página em branco e houve alguns minutos contemplando sua terra salgada, pensando que talvez se ela estava viva ou morta, se nenhum futuro em um mundo de sal, se esse horizonte, se que fazia qualquer sentido nada de neve, se ele estava em último no limbo, porque apesar de tudo, um 3.650 metros acima do nível do mar é mais perto do céu.

O vídeo da música que acompanha este artigo é Nacho Sotomayor, um fenômeno que também abre hoje em PAV. Recomendamos que estar atento para os vídeos de música seguinte seção Um Mundo à Parte.

Pesquisa realizadas:

  • Compartilhar

Comentários (16)

  • Ann

    |

    É um vídeo grande em termos globais, porque, efetivamente, além das imagens, lugar, o texto.. a música é maravilhosa.

    Resposta

  • Lydia

    |

    Eu não posso acrescentar nada ao que disse Ana. Ele foi curto e conciso, mas o que deixou claro.

    Resposta

  • Rosa

    |

    Ele realmente parece um visualmente cativante. Definitivamente um tesouro de territórios em altura. Eu acho que para aqueles que têm a sorte de visitar você deve olhar como uma paisagem surreal.

    Resposta

  • Daniel Landa

    |

    Fico feliz em ver o Salar de Uyuni ainda se move. Obrigado por essas palavras amáveis. Há lugares para se lembrar, questiona-se se, de facto, sonhou…

    Resposta

  • Rafael Galeano

    |

    As imagens e textos, juntitos .. as imagens e textos, deixando os corações. Você faz parte da sequência de Renacimientito (tinha que fazer sentido ea rima…hehehe)

    Resposta

  • mayela mendoza

    |

    impresionda este vídeo não ser apenas fascinante, mas também colocam as pessoas aparacen q vegetação ao redor.
    Parabéns por cenas de registro desses lugares

    Resposta

  • Zabagonz

    |

    Impressionante. Tem grabando próximos programas o são pedaços que não se emitiam?. Se tivermos sorte estiver a gravar. Obrigado pelas pílulas para acabar com o macaco.

    Resposta

  • Daniel Landa

    |

    Olá Zabagonz: Estas são pequenas pílulas, como você diz, com alguns desenhos inéditos da série Um Mundo à Parte. Continuamos a procurar novos destinos. Espero que em breve lhe mostrar lugares escondidos.

    Resposta

  • Ana MT

    |

    Grande, como sempre.

    Resposta

  • cântico

    |

    Claro Daniel.que agarrando acho que hoje ou tem que planeta Lubar,excelente trabalho velho

    Resposta

  • Daniel Landa

    |

    Bem, visitou hoje a Bolívia eo Peru, Histórias Altiplano: O Império dos filhos do sol!

    Resposta

  • Mayte

    |

    Episódio maravilhoso btw! Provavelmente meu preferido.Daniel, o caminho da loucura……felizmente, lps a aimarad compensa descuvrimiento de ambos "canguis». Obrigado mais uma vez ..)

    Resposta

  • juan carlos

    |

    Daniel.tenes pretendo fazer outra expedição. Course e para o planeta,algo semelhante ao mundo Buelta…

    Resposta

  • diego

    |

    Enhorabuena por poder dedicarse a viajar por nuestra preciosa Tierra y mostrar lo que todavía existe fuera del mundo moderno. La serie de “Um mundo à parte” me pareció excelente a todos los niveles.

    Tuve la oportunidad de realizar un viaje por el altiplano boliviano y me cautivó totalmente, bueno realmente me cautivó mucho antes sólo leyendo y mirando mapas sobre él.

    Si tenéis la suerte de poder volver me permito aconsejaros un par de pequeñas joyas junto al gran salar. La visita al salar de Coipasa (más pequeño, sin tanta potencia en su contenido en sales, pero absolutamente virgen y prácticamente desconocido) y los cráteres de impacto de meteorito (que, perdón por la medalla, ni mi guía conocía) que dejan sin palabras.

    Saudações,
    Diego

    Resposta

  • Laura

    |

    Que descripción tan gráfica y tan bonita del salarpor si las imá
    genes no fueran suficientes

    Resposta

  • Javier Barragán Sánchez

    |

    ES MI BOLIVIA , AHORA CON DAKAR 2014 HALLALLA MUNDO

    Resposta

Escrever um comentário

Últimos Tweets

Não os tweets encontrado.